DEIXEI DE TE AMAR


Por: Djane Assunção - @mestre_djane

Pela insônia que me consome todas as madrugadas. Sempre juntando os pecados movidos pelo teu desprezo;
Por ter que encarar diariamente os olhos inchados diante o espelho manchado;
Pela ausência do teu corpo sob minhas mãos;

Não somente pelos desejos que você me priva ter. Aqueles que sou obrigado a resgatar em um passado em que você sequer existiu;
Não é só pelos álbuns do Cazuza que não consigo parar de ouvir;
É também pelos sonhos mortos nos dias chuvosos e frios;

Não te amo mais por me fazer ter inveja das pessoas. Por enxergar em toda esquina o que jamais pudemos ser;
Te deixei por estar me tornando fantoche do destino;
Voltando a ser o cara que um dia eu quis matar;

Deixei de te amar por estar esquecendo de viver;
Você traz à tona o meu pior modelo de homem;
Teu desinteresse vira estimulante para o meu sarcasmo;
Teu medo consolo para o meu suicídio;

Me deixe morrer em paz ao menos uma vez!
Não amo mais você.

Música sugerida para este texto: Boa sorte – Raça Negra

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.