PORÉM, NOSSA ALMA NUNCA!


Por: Djane Assunção - @mestre_djane

Ter princípios nos torna mais respeitáveis, e por vezes, diferentes da maioria das pessoas. Não se constrói uma história de sucesso baseada na submissão ou na covardia, pode até que alguém consiga vencer dessa maneira, mas sua essência não será lembrada.

Dizer o que pensa, fazer o que sente, viver o que se diz. Ações que podem ser perigosas nos dias atuais, mas que faz de muitos indivíduos verdadeiramente diferentes dos seus opressores.

Cuidado com as sombras, com as palavras (ditas ou omitidas). Lembrem-se que a sociedade da informação nos enxerga como em um “big brother global", transformando cada um de nós em um “Smith” do 1984 de George Orwell. 

Muitos assimilam como dilema o medo do enfrentamento, por isso não serão lembrados. Por isso terão seu nome sempre ligado ao desperdício de humanidade. Você pode ser diferente, basta se impor!

Afinal, parafraseando o rei Baiano Edson Gomes: o sistema, seja político ou educacional, pode nos impor avaliações metódicas plastificadas, tirar nossos bens, nossa vida, porém, nossa dignidade, nossa revolta, aquilo que nos distingue dos fracassados, nossa alma... nunca!

Música sugerida para este texto: Fogo na babilônia – Edson Gomes

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.