EXTRAINDO SIGNIFICADOS: A MENINA TATUADA - SALOMÃO DO REGGAE/PINGO D'AGUA


A Menina Tatuada é uma música que relata a experiência de um indivíduo com o universo das drogas ilícitas. Na minha concepção a letra no geral é bastante clara, no entanto existem algumas partes que muitas pessoas não compreendem, então decidi analisá-la a minha maneira. Particularmente adoro essa música e a acho extremamente interessante (: 

Preciso relatar o que eu fiz, por que eu não quero fazer mais

A canção começa com o personagem afirmando que confessará uma história que ocorreu com ele. Sentindo-se arrependido ele tem a intenção de relatar sua experiência, a fim de conscientizar outras pessoas a não cometerem os mesmos erros que ele.

E hoje perceber que o que parecia ser não era

Ao longo da música percebe-se que a história se dá de forma temporal, ou seja, os acontecimentos vão sendo relatados em épocas diferentes vividas pelo personagem. Mais especificamente, infância, juventude e maturidade adulta. Coisas que em determinado momento da vida consideramos “legais”, podem parecer ridículas, desnecessárias ou mesmo repugnantes ao passo que ganhamos maturidade e experiência de vida. Aqui o personagem percebe o quanto certas ações que o mesmo praticou em determinado momento de sua vida, eram apenas ilusão, tolices advindas de momentos de imprudência.

Eu fui saber a fundo com que meu avô colava o meu sapato

Bom, aqui seria o momento em que as drogas começaram a fazer parte da vida do nosso amigo. Para quem não sabe, a Cola de Sapateiro é um produto tóxico que possui substâncias que estão classificadas entre as drogas inalantes. Essa droga é utilizada principalmente por crianças e adolescentes, no entanto muitos adultos também a usam.

Obs. 01: Curiosidade - Segundo o Art. 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente - Lei 8069/90: É crime vender, fornecer ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma, a criança ou adolescente, sem justa causa, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida: Com detenção de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa, se o fato não constitui crime mais grave.

E aos 16 conheci preta Joana que vivia se queimando soltando fumaça

Preciso dizer que o solvente encontrado na Cola de Sapateiro provoca tolerância ao usuário, ou seja, para se conseguir o efeito esperado recorre-se a quantidades cada vez maiores do produto ou procuram-se substâncias ainda mais fortes para se alcançar o mesmo resultado. Portanto, a Cola de Sapateiro foi a chamada “droga de entrada”. Eis então que isso levou nosso personagem a ser apresentado agora à outra droga, a Maconha.

A Maconha (Cannabis sativa) é uma planta herbácea, que preparada em forma de erva é considerada uma droga ilícita no Brasil. Ela traz efeitos negativos e que podem causar dependência. Acredito que a nomenclatura Preta Joana seja uma derivação aportuguesada de uma das sinonímias mais conhecidas mundialmente que designa a erva. Seria uma variação de Marijuana (Maria Joana).

E aos 18 eu trai Joana com uma menina branca que gostava de bola de gude

Depois de conhecer a Cola de Sapateiro e a Maconha, nosso rapaz vai cada vez mais se aprofundando no mundo das drogas, conhecendo agora a “branca” Cocaína! A Cocaína refere–se à droga em forma de pó ou de cristal extraída das folhas da planta coca. É mais comumente inalada pelo nariz, sendo o pó absorvido pela circulação sanguínea através do tecido nasal. Pode também ser ingerida ou friccionada nas gengivas.

Obs. 02: Tudo bem, mas o que tem a ver o trecho: “que gostava de bola de gude”?

Segundo algumas regiões (em especial o regionalismo pernambucano), a palavra Ximbra é sinônima de bola de gude (pequena bola de vidro maciço normalmente escura, manchada ou intensamente colorida, de tamanho variável, usada em jogos infantis). No entanto, em algumas regiões, Ximbra também é sinônimo de cheirar pó, que é uma referência ao uso mais comum da droga Cocaína. Logo a palavra Ximbra acaba sendo associada à Cocaína e a bola de gude, o que as diferencia no uso da palavra é o contexto do assunto em questão.

E dando teco na boleba de Joana junto da menina branca fui perdendo a atitude, eu vi a juventude passar, passar, passar jogando bola de gude sem parar, sem parar sem parar. Essas meninas acabavam comigo eu fui ficando sem amigo sem saber o que era amar

Cada vez mais envolvido com as drogas, gradativamente o seu vício vai o tornando um homem solitário, sem confiança para os demais, sem atitude. Sua juventude foi cercada por um envolvimento com variados tipos de entorpecentes ilícitos, o que fez dele um jovem problemático e sem esperanças em relação ao verdadeiro amor, seja ele da família, amigos ou uma paixão por um alguém em especial.

Obs. 03: Assim como Ximbra, Boleba também é um sinônimo para bolinha de gude. Já dar um “teco” é uma expressão (gíria) que significa carreira de Cocaína, e também é uma palavra usada no jogo de bolinha de gude (quando uma bolinha encosta na outra, chama-se de dar um teco). É nesse jogo de palavras e sinônimos que o compositor vai deixando implícita a relação das frases que constituem o significado real da canção.

Um belo dia na esquina lá de casa eu conheci uma menina tatuada. Ela me deu um folhetinho de uma onda e disse que essa onda eu podia dropar, que essa onda podia me livrar da branca e de Joana que queriam me matar. E me mostrou no folhetinho o horário e o lugar que eu tinha que chegar, chegando lá parecia tudo menos uma igreja evangélica

Em meio ao caos social em que o nosso rapaz se encontra, eis que certo dia surge uma pessoa em sua vida, uma menina tatuada que mudou o rumo das suas ações. O folhetinho que a menina entrega ao homem seria um convite para um culto em uma igreja evangélica. Seria uma promessa de que junto à palavra de Deus e a pessoas que buscam a pureza espiritual ele poderia encontrar sentido ao seu viver, e mais, poder purificar sua alma dos pecados que o cerca. Em outras palavras o livrar da "praga" social que são as drogas.

Obs. 04“uma onda e disse que essa onda eu podia dropar”

Significa que ele podia participar (dropar) do evento (onda), que o folheto de anuncio relatava. Esses termos são gírias que derivam do esporte surfe. Ex: Quando o surfista pega uma onda ele fica em pé na prancha, e quando acontece de um surfista ficar em pé na prancha numa onda é chamado de dropar na onda.

Obs. 05: Tenho certeza que alguém perguntou: Por que uma menina tatuada?

Sinceramente eu não consegui encontrar uma relação concreta do contexto da música com o fato da personagem em questão ser uma menina tatuada. Acredito que seja para quebrar todo o paradigma existente entre as tatuagens e a religião. Seria uma forma de desmitificar todo o preconceito que segue a simbologia da tatuagem com significados repugnados perante a maioria dos ramos das religiões cristãs.

E aquele povo foi falando comigo que eram os amigos que eu podia contar se eu quisesse amor de verdade junto da felicidade eu levantava minha mão. Eu levantei e dropei aquela onda que tinha no folhetinho da menina tatuada.

Depois de conhecer um lugar que pregava a palavra do senhor, nosso personagem sentiu-se mais seguro para reergue-se na sua vida. Suas atitudes foram contaminadas pelo sentimento de união e de amor que a igreja e seus fiéis proporcionavam.

E agora não só por hoje o amor. O amor chegou trouce minha juventude, o amor chegou junto com minha atitude

Depois de ter ingressado em um lugar que o acolheu independentemente da sua condição, ele pode prosperar com seus sonhos e principalmente livrar-se do mundo marginalizado que as drogas proporcionam. Toda sua juventude perdida em detrimento da dependência de narcóticos pode ser recuperada através de um espírito livre. Finalmente ele pode compreender o real sentimento de amor, amizade e atitude.

16 comentários:

  1. Adoro essa música. parabéns cara, ótimo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, conheci o Salomão através dela. Obrigado e abraços! Desfrute a vontade do espaço.

      Excluir
  2. Menina tatuada = igreja bola de neve, cuja o salomão do reggae é ou era membro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal essa informação! Vou pesquisar, é de grande ajuda para a nossa interpretação. Muito obrigado

      Excluir
  3. Menina tatuada= igreja bola de neve, igreja essa que quebra muitos paradigmas, por costumes existentes em outras congregações, e a relação com a onda é o fato de a igreja bola de neve ter seu símbolo uma onda, e os seus púlpitos serem uma prancha de surf!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irei me informar direitinho. Fico feliz em ter uma possível resposta para esse enigma. Obrigado pela grata contribuição!

      Excluir
  4. Belíssima interpretação dos termos e gírias da música, que por sinal é muito rica em detalhes e sutilezas. Gostaria de contribuir com uma idéia que tenho sobre a menina tatuada: Uma pessoa marcada, separada, salva, que aceitou a Jesus Cristo, como seu único salvador e redentor. Assim como na canção "Marca da Promessa" do ministério Trazendo a Arca, a garota tatuada possui a marca de Jesus, carrega em seu corpo o brilho, a identificação de alguém separado, que resplandece entre os demais.
    Deus os abençoe grandemente! Parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras. Engrandecedoras. Um forte abraço amigo leitor.

      Excluir
  5. Eu interpreto a "menina tatuada" como uma pessoa marcada, no significado espiritual aqui, como se ele dissesse que encontrou uma menina marcada pelo sangue de Cristo. Gosto bastante dessa música e também acho que ela é bem clara no que diz, mas confesso que só entendi a "bola de gude" quando li seu texto haha.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pela contribuição. Há alguns pontos que ainda preciso corrigir, pois surgiram novos detalhes. No mais, fico feliz em ter contribuído. Abraços Victor :D

    ResponderExcluir
  7. Muito bom! Agora ficou claro. Tinha dúvidas sobre quem era a menina preta e as bolas de gude

    ResponderExcluir
  8. O próprio Salomão falou num vídeo que a menina era tatuada só isso; e num evangelismo encontrou um homem que contou sua vida e a partir daí nasceu a letra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Antônio. Vou reavaliar e atualizar a análise. Sua contribuição foi muito bem aceita! Valeu mesmo.

      Excluir
  9. olha o vídeo do making of do vídeo ele conta a história da música.
    /www.youtube.com/watch?v=d8TNF4i7vXc&t=396s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Antonio! Muito grato por este link.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.