ANÁLISE DA MÚSICA: NÃO VENHA POR CIMA - SALOMÃO DO REGGAE


Por: Djane Assunção - @mestre_djane

Não venha por cima é a sexta faixa do álbum Igual a você (também conhecido como CD artesanal) do cantor e compositor carioca Salomão do Reggae. O álbum foi lançado no ano de 2013.

Uma aranha nunca deixaria, o carrapato chegar nas alturas

Na cadeia alimentar natural, uma aranha jamais deixará que um carrapato chegue às alturas, pois a aranha irá devorá-lo. Partindo deste princípio, a metáfora aplicada a letra nos alerta para termos consciência da nossa posição diante da sociedade. Não podemos querer ser maiores do que as outras pessoas, caso contrário poderemos nos dar muito mal, “sermos devorados".

O carro à pato é melhor que à gasolina, se quiser chegar não venha por cima

Neste trecho o compositor utiliza a expressão “o carro à pato é melhor que à gasolina”, que para quem lê de maneira desatenta não faz o menor sentido. Portanto, para poder compreender preste atenção nas duas observações a seguir:

Obs. 01: O pato (ave que pertence à família anatidae) anda, nada e voa. São qualidades muito peculiares, mas reunidas em um único animal. O pato, mesmo com toda sua simplicidade consegue realizar três tarefas bastante difíceis de serem encontradas em um único ser.

Obs. 02: Gasolina, para o contexto da análise, representa o sistema capitalista, na qual a sociedade é baseada no acúmulo de capital e nas disputas por interesses econômicos. Isso fica subtendido na relação da gasolina como sendo o principal combustível para os automóveis da sociedade contemporânea.

Quando a letra traz o trecho "o carro à pato é melhor que a gasolina" está querendo dizer que para alcançarmos os nossos objetivos não devemos ser presunçosos, invejosos e arrogantes, basta sermos como o pato, simples, brando, mas muito singular.

Entretanto, você já viu um pato de perto? Ele anda todo desengonçado, quando ele vai para a água ele nada muito devagar, e quando ele vai voar, voa muito mal. O pato não consegue realizar com perfeição as três habilidades que possui e isso talvez aconteça por que ele não esteja preparado para fazer de tudo um pouco.

Partindo desse exemplo, imaginamos o porquê de muitas pessoas não conseguirem satisfação pessoal e profissional. Justamente porque querem subir os degraus do sucesso sem ultrapassar individualmente as etapas que a vida impõe. Almejam conquistar várias coisas ao mesmo tempo e acabam fazendo tudo de maneira desordenada ou equivocada.

Nesse sentido, podemos dizer que para enfrentar os desafios de um mundo competitivo e cruel (como o capitalista, representado na simbologia da gasolina) temos que nos esforçar para conquistar o nosso espaço. É preciso manter a simplicidade e a perseverança, pois serão de extrema importância para o nosso sucesso (se quiser chegar não venha por cima).

O sapo bola nunca deixaria, uma barata chegar nas alturas. Barateou o preço da farinha, se quiser chegar, não venha por cima

Nesta parte se adota a mesma explicação descrita no trecho referente a aranha e ao carrapato. Descreve o fato de que se quisermos realmente crescer na vida, seja profissionalmente, culturalmente e socialmente, temos que ser humildes e começarmos do lugar que nos é permitido.

Barateou o preço da farinha -  Tenho duas hipóteses para explicar este trecho.

Hipótese A: Penso que “barateou o preço da farinha” é uma referência ao famoso trecho bíblico presente em 1 Reis - Capítulo 17. [1]


Essa passagem bíblica traz uma reflexão acerca da fé em Deus. Muitas pessoas perante a prova de fé que a vida lhes apresenta acabam por esmorecer, desistem de lutar e de buscar os ensinamentos de Deus. Assim, ao citar que "barateou o preço da farinha", a letra está dizendo que algumas pessoas se encontram mortas espiritualmente e estão vivendo uma miséria física e espiritual. A simplicidade e a fé em Deus estão “barateadas”. [2]

Quando você coloca a sua fé em ação e esquece das circunstâncias negativas, abrindo os ouvidos para ouvir Deus falar, aí então acontece o milagre. “Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou”. 

Hipótese B: Faz referência a revolta de 1858 que aconteceu em Salvador, no estado da Bahia. O motim popular que ficou conhecido como “Sedição dos chinelos”, “A guerra das pedras”, ou “Carne sem osso, farinha sem caroço” expôs a insatisfação da camada pobre em relação ao abusivo preço da carne e da farinha de mandioca (o pão dos pobres). A revolta trouxe à tona o embate entre o governo local e a população, que clamava por melhores condições de vida. [3]

Trazendo para o contexto da análise podemos supor que “barateou o preço da farinha” quer dizer que para haver um convívio social harmonioso é necessário igualdade e justiça. Que por meio da luta e persistência em prol de uma vida digna conseguiremos ser vencedores.

O tamanduá nunca deixaria, uma formiga chegar nas alturas. Se for migalhas eu não quero mais, mas se for chegar não venha por cima

Aqui é novamente exposto o princípio do respeito e da humildade aplicados anteriormente, o que muda são os animais da metáfora, mas a ideia é a mesma.

Acrescentando a isso, a letra nos diz que não precisamos aceitar a condição de inferioridade ou de pobreza, no entanto, é preciso trabalharmos para reverter uma situação desagradável em que nós podemos nos encontrar (aqui a hipótese B ganha consistência).

Enquanto tivermos forças para lutar devemos trabalhar com dedicação e muito respeito a cada ser vivo da terra, afinal, perante Deus somos todos iguais (aqui podemos associar a hipótese A).

Era presépio não era presepada, chegou na manjedoura, mas não disse que manjava

Presépio - pequena construção de materiais diversos (barro, madeira, louça, papelão etc.), que representam o estábulo em Belém e as cenas que, segundo a bíblia sagrada cristã, se seguiram ao nascimento de Jesus Cristo.

Esta parte quer dizer que Jesus tinha tudo para se posicionar como superior diante de qualquer ser da terra, no entanto, veio a nascer em um lugar extremamente simples e sem precisar de nenhum tipo de regalia. Veio ao mundo humano de forma natural e humilde como qualquer outro homem pode vir.

“E deu à luz ao seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.” Lucas 2:7.

Ele era o rei, mas quis ser carpinteiro, se fez pior que eu, foi pendurado em um madeiro

Jesus poderia ter se imposto como um rei autoritário e arrogante, mediante o seu poder, conhecimento e a sua magnitude celestial, porém, decidiu viver como todo e qualquer homem mortal pode, de forma honesta e trabalhando como um simples carpinteiro. E diante de todo seu poder deixou-se crucificar para redimir a humanidade de seus pecados (pendurado em um madeiro - referência a passagem bíblica da crucificação). [4]

Agora onde ele está, não há lugar mais alto, agora onde ele está, à destra do pai poderoso

Bom, segundo a bíblia sagrada cristã, Jesus após sua morte ressuscitou no terceiro dia e está à direita de Deus todo poderoso. Mesmo diante de todo sofrimento sua humildade e paixão foram recompensadas e ele chegou às alturas! Ou seja, Jesus veio em humildade para que também sejamos humildes. Esta é uma condição daqueles que vão morar com Deus.

“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.” Mateus 5:3.

Se até mesmo Deus sabe chegar, não venha por cima

Se até mesmo Jesus soube ser humilde e chegou ao reino dos céus, nós temos obrigação de nos entendermos como irmãos, todos de carne e osso e com direitos iguais perante os céus. Sempre agindo com humildade, respeito e sabendo reconhecer qual o nosso papel na engrenagem social.

Mas se você se esquecer... cuidado com a aranha o sapo bola e o tamanduá

Caso queiramos ser mais que alguém, nos acharmos os “bonzões”, devemos nos lembrar que alguém poderá nos derrubar ou nos "devorar". Iremos sempre encontrar desafios nas nossas vidas, mas se soubermos lidar de forma consciente e honesta Deus nos ajudará, desde que respeitemos a nossa posição como homem e principalmente o nosso semelhante, nosso irmão.


Referências:

7 comentários:

  1. Eu sempre quis uma explicação coerente sobre esta música. Parabéns. Agora eu entendi melhor e o que eu pensava tinha sentido. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em ter proporcionado um caminho para o entendimento. Obrigado pelo feedback, abraços!

      Excluir
    2. Obrigado amigo leitor. Seja bem vindo (a).

      Excluir
  2. Admiráveis colocações, parabéns pelo empenho! Apenas restou uma dúvida sobre o "sapo bola".
    Apesar de entender que é uma figura de linguagem ainda não entendi a simbologia =) se for possível me ajude nessa dúvida?

    Desde já agradeço pelo trabalho e atenção!
    A Paz reine em ti!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.