Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

LÓGICA INSANA

Imagem
Estou sempre imaginando como pode ser o fim de tudo. O último suspiro, o último bloco de tijolo do muro, a última engrenagem de um barco a motor. Se fosse fácil subir, tantos não iriam cair, como pétalas de flores no outono que parecem estar com sono e se contraem com o vento, ao relento, sem direção, ou não.
Deus, está sendo cada vez mais difícil. Não é a falta de dinheiro, o vício ou até mesmo os anos que não passam devagar.
Estou sempre imaginando como pode ser o fim de tudo. Uma última comédia drástica, outra Alemanha de suásticas. O inferno com símbolos de satã, que outrora julgados falsos, se tornam uma espécie de laço entre o diabo e Deus, entre a luz e o breu, ou não.
Estou sempre imaginando como pode ser o fim de tudo. A última linha do verso, o último disco de sucesso, a última caminhada na calçada. A última olhada para as estrelas, que ali paradas veneram cada um de nós, tendo dó da humanidade, pena de sua vaidade, sua autodestruição plena.
Estou sempre esperando o começo de tu…

TEMPUS

Imagem
Tempo, às vezes cruel e instável como um serial Killer, outras vezes tão relaxante e agradável como um jogo de cartas num boteco qualquer. Aquele que rege a inocência, dúvidas, maturidade e existência dos seres desse universo em expansão. Uma ferramenta criada pelo criador para julgar a capacidade e potencial da criação. Contudo, a criatura tão mutável se torna vítima desse mecanismo que a obriga a estar em constante movimento, ou como diria outro louco de passagem “uma metamorfose ambulante”.
Pode ser visto nos mais diferentes ângulos, nas mais diversas situações, independentemente da quantidade que se tem ou que lhe resta. Para as crianças uma esperança, para os velhos uma certeza, para os céticos uma sucessão de significados ligados a algarismos numéricos e para os apaixonados uma tortura quando exíguo e um delírio de prazer quando suficiente.
Mas talvez o próprio tempo já seja a pena que as criaturas pagam por conta da decepção que elas proporcionam ao criador, pelo menos a maioria …

EXTRAINDO SIGNIFICADOS: ASTRONAUTA - OS NONATOS

Imagem
Nessa canção da dupla Os Nonatos (Nonato Neto e Nonato Costa), eles empregam metáforas que comparam o amor de uma pessoa ao universo, seus astros e corpos celestes, e, além disso, assimila mitologia greco-romana com mitos brasileiros... Entendam:
Eu como astronauta visitei planetas, transpus os limites do céu multicor, viajei a bordo dos meus pensamentos, fiz do coração um disco voador

Astronauta se refere a um homem determinado que busca um romance em um “universo” chamado amor. Traspor os limites é fazer coisas que ele antes não pensava em fazer, mas agora apaixonado é capaz. Disco voador se refere ao fato de ele está em busca de conhecer verdadeiramente os sentimentos da paixão, viajando pelo universo do amor em busca de uma nova aventura, um romance.

Em meio às galáxias do mundo universo, encontrei em marte a musa do amor

Procurando pela aquela que venha a ser a sua mulher amada, ele acaba se envolvendo com uma, no entanto ela não é exatamente a mulher perfeita, embora ele a deseje mu…

TRANSIÇÃO

Imagem
Os órgãos querem sair do corpo, a alma se sente tão concreta, as mãos trêmulas procurando algo para segurar, inquietas mal recebem os comandos do cérebro. O líquido se evaporando do corpo com uma velocidade anormal, as pernas firmes no chão como as raízes mais profundas de uma árvore. O olhar profundo revela o medo e insegurança, mas ao mesmo instante as palavras que insistem em não sair da boca, como se as cordas vocais tivessem entrelaçadas formando um laço, não são mais as únicas fora do normal.
A angústia passa a ser tão visível quanto à voz do silêncio que se instaura a quilômetros, mesmo que haja milhares de ruídos ao redor. As pernas agora tendem a ir para frente, forçadas por instinto próprio, mesmo que a cabeça não tenha certeza de qual seja a direção correta.

O sangue quente e o suor frio passam a ser controlados por uma respiração mais devagar. A cabeça agora tem mais controle sobre o corpo e o espírito mais leve. O laço antes apertado começa a se soltar. A ansiedade agora é …

FELICIDADE PLENA

Imagem
Tudo passa, disso tenho certeza. Passa como a onda que bate no quebra mar, ou como a impureza de um copo de álcool no bar. O difícil não é buscar sentido para a vida, e sim vê-la passar enquanto sua presença se faz esquecida. Sempre estamos à procura de felicidade plena, mas essa felicidade que buscamos jamais poderá ser alcançada. Assim como a tristeza, ela é fruto do momento em que cada indivíduo se encontra. Tornar esses momentos felizes e frequentes é estar em harmonia com o “feliz” que tanto se busca.
Se a felicidade fosse algo que pudéssemos alcançar e depois manter em uma continuidade eterna, seria como abrir a porta que divide o tédio da loucura. E a tristeza? Não a buscamos como fazemos com a felicidade, contudo, ela está sempre presente no nosso cotidiano e em muitas vezes até com um alto grau de frequência. Isso acontece porque no caminho em busca da harmonia antes citada, estão às decepções de não consegui-la, e é aí que entra os momentos tristes. Como os seres humanos estã…

EXTRAINDO SIGNIFICADOS: NÃO VENHA POR CIMA - SALOMÃO DO REGGAE

Imagem
"Não venha por cima" é a sexta faixa do álbum "CD artesanal" do cantor e compositor carioca Salomão do Reggae. O álbum foi lançado no ano de 2013. 
Uma aranha nunca deixaria, um carrapato chegar nas alturas
Na cadeia alimentar natural, uma aranha jamais deixará que um carrapato chegue às alturas, pois a aranha irá devorá-lo. Partindo desse princípio, a metáfora aplicada a letra da canção nos alerta para termos consciência da nossa posição diante da sociedade. Não podemos querer ser maiores do que as outras pessoas, caso contrário poderemos nos dar muito mal, sermos "devorados".
O carro à pato é melhor que à gasolina, se quiser chegar não venha por cima
Esse trecho é muito interessante. O autor utiliza de uma expressão que para quem lê de maneira desatenta não faz o menor sentido. Portanto, para poder compreender preste atenção nas três observações a seguir:
Obs. 01:O pato (ave que pertence à família anatidae) anda, nada e voa. São qualidades muito peculiares…

DESGESSINGERIANDO: NOVOS HORIZONTES - ENGENHEIROS DO HAWAII

Imagem
"Novos Horizontes" é a 18º faixa do álbum "10.000 destinos", que é o terceiro álbum ao vivo dos Engenheiros do Hawaii, lançado em CD e DVD no ano de 2000.
De maneira geral, eu gosto de imaginar a letra dessa música a partir do fim de um relacionamento, trazendo reflexões acerca do momento nostálgico e de solidão em que um indivíduo se encontra. Junto a esse ponto de vista, unimos as referências ligadas a princípios da física e da astronomia, algo bem normal nas composições do vocalista dos Engenheiros Humberto Gessinger.
Corpos em movimento, universo em expansão
Nessa primeira parte, o personagem principal da letra da música está tentando assimilar a situação (estar distante da pessoa que ama/fim de um relacionamento). Ele está na fase de aceitação do ocorrido. O trecho traz a ideia de mudança, de que o mundo gira, a vida dá voltas e as coisas mudam (movimento/expansão).
Obs. 01:Universo em expansão - segundo a famosa lei de Hubble o universo está em expansão. Essa le…

ENTRE DIAS E NOITES

Imagem
Olhar as nuvens em um sábado de sol. Para a grande maioria das formigas pensantes, uma tolice. Para os loucos um momento de repor as energias e resgatar o pouco de esperança que ainda lhes resta.
As nuvens tão livres e tão suaves aos olhos são um espelho da alma, uma fuga da dor que o corpo carrega, do martírio emocional que parece andar ao lado dos sinceros. Contudo, os olhos úmidos e ardentes já não querem enxergar o horizonte, esperam dormentes pelo cair da noite, enquanto a consciência luta para assistir aquele que poderá ser o último crepúsculo. Quem sabe?
A noite atormentadora e sombria engole as lamentações do formigueiro, fazendo com que os gemidos possam ecoar pela escuridão e chegarem aos galhos mais altos. Os postes se acendem como isqueiros em um show de pop-rock, iluminando a parte material da vida, enquanto as estrelas se responsabilizam pela parte espiritual.
Automóveis se chocam como grãos de areia levados pela brisa da triste madrugada de um novo domingo. Ao longe, por t…